Pular para o conteúdo principal

Postagens

Fé Racional?

Recentemente notei em mim e nas pessoas ao meu redor que existe um medo muito grande em admitir algum conhecimento que entre em contato com alguma filosofia interna e também medo em admitir desconhecimento. Noto em mim que é comum tentar invalidar a questão proposta ao invés de estudar a mesma, para que, de alguma forma, com a questão sendo invalidada, meu desconhecimento não apareça e meu ego não seja ferido. Esta característica é bastante notável em grande parte das pessoas também.
Esta observação pode ser aplicada em várias pessoas de vários "setores" da sociedade, como por exemplo, em muitos casos é vão discutir com algum ateu, pois mesmo sem argumentos lógicos sobre algo, ele tem medo de admitir que não sabe e que existe a possibilidade de ele estar errado, pois isso iria ferir a sua fé, sua confiança em si mesmo e seu orgulho. 
Contudo, pretendo ser mais específico. Sou cristão e convivo no meio de cristãos, sendo assim, consigo observar estas características de forma…
Postagens recentes

Maldição Hereditária: uma mentira com sérias consequências

MOTIVAÇÃO Meu objetivo com este estudo é buscar entender a origem e a base bíblica utilizada por aqueles que pregam sobre a existência da maldição hereditária. Meu ponto de vista inicial é que esta doutrina é apenas um tipo de misticismo, sendo uma heresia bem séria que tem manipulado fortemente as pessoas, contudo, ao ser confrontado com problemas relacionados a isso em pregações, encontrei-me sem uma profunda base bíblica sobre o assunto e decidi iniciar este estudo. INTRODUÇÃO O tema que se tornou mais difundido com o movimento Neopentecostal, se tornou tema de grande divergência dentro das igrejas, em maior parte por falta de entendimento da visão bíblica sobre o assunto. A maldição hereditária se tornou motivação para criação de vários rituais místicos de libertação, “fechar de portas”, rituais de quebra de maldição, entre outros. Este tipo de misticismo nunca é encontrado na Bíblia como sendo algo incentivado por Deus, sendo, na verdade, várias vezes condenado, pois se torna um …

A origem da disposição

Pelo que estou disposto?
Pergunta feita ontem, mas com resposta vindoura. Como não posso diretamente respondê-la hoje, tento pensar na fonte da disposição, pois se esta for confiável, então o necessário será confiavelmente providenciado no devido tempo.

Talvez antes eu preciso responder algumas perguntas àqueles que não conhecem meus pressupostos: por que estou interessado na fonte, afirmando vir de uma fonte externa? Não estaria a fonte da disposição em mim mesmo e em minha vontade?
A resposta é um não bem claro e forte. Ainda que completamente compelido sentimentalmente a dizer que a fonte da disposição se encontra na minha enorme vontade, sou ciente de que a vontade é falha e corrompida, me tornando incapaz de abrir mão do meu eu em prol de outrem de forma confiável. Portanto, parto do pressuposto que não sou naturalmente disposto a enfrentar os desafios propostos, apenas desejo as vantagens trazida pelo cumprimento dos mesmos, baseando minhas ações apenas em uma forma egoísta e …

Difícil

Vislumbrando a aparente improbabilidade da situação atual, soa-me como escrita antes de que fosse. Ao meditar no conhecimento da tremenda força, habilidade e capacidade das mãos daquEle que detém o poder de escrever, a aparência de planejamento se torna certeza de que assim ocorreu. A certeza do conhecimento do plano anteriormente feito não desvaloriza a presença da concretização de um conceito anteriormente vago. O efeito, na verdade, é oposto a aparente resposta sentimental esperada quando não conhecemos aquEle que abençoa ao determinar, pois reconheço que a Sua escrita é providencial e maravilhosamente graciosa. Talvez eu esteja descrevendo aqui as cores da realidade e a perspectiva das mesmas de forma mais abrilhantada do que lhe pareçam ou até mesmo do que a lógica racional, preocupada prevenção da descoloração anteriormente já experimentada, me recomendaria a fazer, porém, nos recentes dias, ocultar a reação dos meus olhos ao olhá-la está tornando-se cada vez mais próximo de alca…

Ex-morto

Em meio a cegueira dos meus olhos e confusão dos meus passos
Achei-me morto, com o corpo jogado dentro de um lamaçal.
Sujo e impuro, não havia dignidade nenhuma ao se olhar
Porém, sem que eu visse motivos, Tua irresistível Graça inundou a minha vida

Senti-me puxado para fora
Senti o calor invadindo meu corpo
O ar voltou, o coração bateu
Tiraste as escamas dos meus olhos e contemplei Teu Filho morrendo por mim

Milagrosamente, o sangue que de lá vertia curava minhas feridas
"E digo mais"
O sangue que de lá vertia, não apenas fez meu coração voltar a bater, como o mantinha batendo.
O que poderia eu fazer, humilhado diante de tão grande favor?
"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim."Gálatas 2:20 Pai,
Louvado seja Teu nome
Obrigado pela salvação
Se já não vivo mais eu e Teu Filho vive em mim
Se minha vida é sustentad…

Luta no plural

Comparando com o que falta
Mal a conheço
Mas com o que já sei
Já escreveria um livreto

O tempo que passa devagar
Também se apressa em chegar
Lento para como quero
Demasiadamente rápido para como eu mereço

Não confunda este, porém
Não é uma insegura crise existencial
Reconheço o tamanho da Graça que estamos imersos
Reconheço o tamanho daquEle que a provê

Em nome dEle, para Ele e por Ele lutamos
Se pela Graça já não luto sozinho
Que Graça colossal, então seria
Conjugar a luta no plural?

Cruz

Da minha janela vejo uma estrela solitária iluminando mais que todas as outras. Estrela que, na verdade, é planeta. Contudo, para propósitos de escrita, faço-a estrela. Mais ao longe aos meus olhos (certamente sei que muito mais distante está a estrela-planeta) vejo uma cruz no alto de um morro, cuja luz de iluminação constantemente muda para cores bastante chamativas. Qualquer pessoa da volta é capaz de vê-la, porém quantos sabem o que ela realmente significa? E para quantos ela significa o mesmo que pra mim?

O que ela significa pra mim?

Posso utilizar varias bases teológicas e explicações bem formuladas sobre a redenção, mas ao tentar por o meu sentimental na explicação de o que a cruz significa pra mim, me sinto mais sem palavras do que um garoto apaixonado tentando descrever a sua amada para outra pessoa depois de passar um dia com ela (por que será que usei este exemplo?).
Significa que posso parar e observar a janela e contemplar a obra de um criador que é soberano sobre tudo, …

Prepare-se

Prepare-se
Ao afirmar certeza, não darei mais passos desconfiados
E a cada passo dado, saiba que já encaminho o próximo
Saiba também, que todo passo que dermos sobre a Rocha, eu não pretendo voltar

Por isso, reafirmo: prepare-se
Segure minha mão e a aperte para me avisar quando o passo estiver a caminho da areia
Eu disse: aperte. Não solte. Ainda que a ame, sou incapaz de ser perfeito
Construamos a nossa casa na Graça, sob a Graça, para a Glória

Preparo-me também
Conheço meus olhos, mente e indignidade
Contudo, conheço também a Graça e O Amor
Que O Amor nos ensine a amar

Prepare-se
Envergonhá-la-ei, talvez, quando eu admirado olhar
Ou cantar
Ou sorrir

Por fim, preciso registrar:
A própria capacidade e inspiração para este simples texto é um gracioso presente dEle
Sendo assim, ainda que o texto seja romântico, continuo podendo afirmar:
Soli Deo Gloria